[Ficha de Projecto]

Apoio no âmbito do Sistema de Incentivos às Empresas. Qualificação e Internacionalização das PME – Projectos individuais


Designação do projeto | Processo de Internacionalização – Floret Arquitetura

Códigos do projeto | NORTE-02-0752-FEDER-025641 e NORTE-06-3560-FSE-025641

Objetivo principal | Reforçar a competitividade das pequenas e médias empresas

Região de intervenção | Norte

Entidade beneficiária | Adriana Floret – Arquitectura, Soc. Unipessoal, Lda

Data de aprovação | 2017-07-06

Data de início | 2017-10-01

Data de conclusão | 2019-09-30

Custo total elegível | 212.970,00€ (FEDER) + 1.800,00€ (FSE)

Apoio financeiro da União Europeia | 95.836,50€ (FEDER) + 1.260,00€ (FSE)


Objetivos, atividades e resultados esperados/atingidos: Processo de internacionalização da empresa com especial enfoque na europa central (captação dos investidores estrangeiros a operar no mercado nacional e outros), nos PALOP e MAGREB (oferta de serviços especializados) e no Brasil (procura de sinergias e partilha de ativos).

Com este projeto de investimento a empresa iniciará o seu processo de internacionalização. A estratégia definida tem em consideração tanto as necessidades, como as capacidades da empresa, ajustada os objetivos definidos ao recursos disponíveis. O plano de ação composto por 5 etapas (Recursos Humanos, Recursos Tecnológicos, Conhecimento, Ferramentas de Comunicação e Contacto Comercial )contempla, assim, um conjunto de investimentos que permitirá à empresa de forma sustentada e equilibrada abraçar novos desafios nos diferentes mercados internacionais identificados.

Os mercados selecionados, resultam de três factores. Da própria experiência e do reconhecimento das oportunidades existentes atualmente no mercado, da tradição económica existente entre Portugal e esses países e, por fim, da proximidade cultural e, naturalmente, linguística existente.

Os objetivos de vendas (20,51% do valor de exportações no volume de negócios) foram calculados através de pressupostos realistas, tendo em consideração o verdadeiro potencial da empresa. A captação de novos clientes em cada mercado irá ocorrer por via das ações de promoção e marketing constantes no plano de investimentos e seguirá a seguinte segmentação. No mercado europeu, os objetivos de vendas serão alcançados através do contacto direto com investidores que pretendam rentabilizar os seus recursos tanto através de projetos, sobretudo ao nível da reabilitação, no mercado nacional, como em outros mercados, europeus. Neste casos o objetivo é manter uma posição de liderança dos projetos, garantindo uma maior relevância na cadeia de valor. No caso dos países africanos a aposta passará pela prestação de serviços exclusivamente ao nível da arquitetura, garantindo contratos com empreiteiros ou investidores que apostando na construção, sobretudo de edificações novas, procurem os serviços especializados difíceis de encontrar internamente. Por fim, na América do Sul, mais propriamente no Brasil, a estratégia passará pela celebração de parcerias com Ateliers locais que procurem o know-how, a experiência adquirida e a notoriedade da marca Floret Arquitectura.

Evolução do projeto (a 2018/09/06):