Casas António Carneiro


 

Quando nos foi proposto este programa de reabilitação os seus objectivos foram-nos colocados de uma forma muito objectiva: reconverter um edifício degradado na Rua António Carneiro em habitações de qualidade. No entanto, logo na primeira abordagem verificámos que se o objectivo do promotor não era em si problemático, já o ponto de partida era muito mais interessante do que estávamos à espera. Afinal de contas, não se tratava de um edifício mas de dois: a creche, balneário e cantina da antiga Fábrica Manuel Pinto de Azevedo (Rua do Bonfim) datada de 1918 e o Centro Republicano Democrático do Bonfim, de 1916. Os dois edifícios acabaram por, ao longo dos anos, virem a ser acoplados e ocupados por actividades diversas e, também com o decorrer dos anos, os serviços de apoio da Fábrica Manuel Pinto de Azevedo perderam a ligação física que se fazia pelo interior do quarteirão à Rua do Bonfim. Rapidamente tornou-se claro que tínhamos ali em mãos não apenas um belo edifício com apontamentos arte nova, mas também um edifício expectante que nos reenviava para o imaginário do Porto industrial.


FICHA TÉCNICA: Designação: Casas António Carneiro Ι Código: P0072 Ι Ano: 2014 Ι Local: Porto Ι Arquitectura[Coordenação]: Adriana Floret Ι Arquitectura[Colaboradores]: José Carlos Dias, Patrícia Cunha e Telma Cunha Ι Fundações e Estruturas: IC – Instituto da Construção (FEUP) Ι Instalações Eléctricas e Telefónicas: Fernando Ramos, Serviços de Engenharia Lda Ι Instalações e Equipamentos de Gás: João Ferreira Ι Rede de Águas e Esgotos+SCI+PSS: Joana Costa Ι Instalações e Equipamentos Mecânicos: Vanda Araújo Ι Empreiteiro: 3M2P Construção e Reabilitação de Edifícios, Lda Ι Fotografia: Inês d’Orey+Floret.