Casa Dom Hugo


 

A Casa D. Hugo localiza-se no Centro Histórico do Porto, foi classificado pela Portovivo, SRU como ruína, apresentando uma avaliação negativa nos parâmetros de segurança, salubridade e estética. O programa de intervenção proposto previa a recuperação para habitação unifamiliar, de tipologia T2. Todo o interior do edifício teve de ser redesenhado, uma vez que não estaria em condições de ser recuperado. Assim, ampliou-se o volume existente na cobertura de modo a viabilizar a introdução de dois quartos no espaço das águas furtadas. Relativamente aos alçados, por respeito à história do local, mantiveram-se inalterados. Como se tratava de um edifício de pequenas dimensões, o interior precisava de algo que contrariasse esse factor. Por isso, aparece o vazado junto à entrada principal que permite visualizar a cave, parte do rés-do-chão e o acesso ao piso superior através do pé-direito duplo. A escada de acesso a todos os pisos foi criada com o intuito de ser um elemento escultural que se desenvolve ao longo do vazado e sua guarda opaca consegue mostrar o movimento da escada, mas também, oferecer a privacidade desejada entre os pisos. A cave passou a ser a zona mais pública da casa com as instalações da cozinha, sala de estar e jantar, todas com acesso directo ao jardim. O piso do rés-do-chão, ou seja, o piso da entrada, é um piso de transição entre o piso da cave e o piso mais privado, o piso 1 onde ficam situados os quartos. No logradouro foi projectado um terraço, que prolonga, à mesma cota da sala de estar, o espaço interior para o exterior, possibilitando assim a contemplação das vistas únicas para o Rio Douro que a casa possui.


FICHA TÉCNICA: Designação: Dom Hugo Ι Código: P0057 Ι Ano: 2012 Ι Local: Porto Ι Arquitectura[Coordenação]: Adriana Floret Ι Arquitectura[Colaboradores]: Hugo Neves e Hugo Martins Ι Fotografia: Rodrigo Peixoto.