Exmo. Hotel

A história deste edifício remontará ao século XIV. Na verdade, tudo indica que inicialmente seriam dois edifícios que evoluíram para a configuração actual. Durante o período almadino ganhou esta fachada neoclássica. No século XX a dupla Carlos Loureiro e Pádua Ramos desenharam-lhe uma escada modernista de uma elegância a toda a prova. Quando chegou a nossa vez, apenas nos restava respeitar todas estas camadas que tinham atingido ali um ponto de equilíbrio notável. Era um banco. Antes disso foi muitas coisas: escritórios de despachantes, de firmas de seguros, armazém. Casa nos primeiros tempos. Agora é um hotel. Amanhã não sabemos. Sabemos, no entanto, que quem vier a seguir continuará a conseguir reconhecer no edifício esta linha do tempo. E se tudo correr bem, pouco se aperceberá de que nós ali estivemos.

MAIS INFORMAÇÃO SOBRE O PROJECTO AQUI

———————————————————————————————-

The history of this building dates back to the 14th century. In fact, everything indicates that initially it would be two buildings that have evolved to the present configuration. During the period almadino gained this neoclassical facade. In the twentieth century the pair Carlos Loureiro and Padua Ramos designed a modernist staircase of extreme elegance. When it came to us, all we had to do was to respect all these layers that had struck a remarkable balance there. It was a bank. Before that there were many things: dispatchers offices, insurance firms, warehouse. Someone’s house in the early days. Now it’s a hotel. We do not know tomorrow. We know, however, that whoever comes next will continue to be able to recognize this timeline in the building. And if all goes well, you will not realize that we were there.

MORE INFORMATION ABOUT THE PROJECT HERE